NOVIDADES DO MERCADO

Aqui você fica sabendo de todas as novidades do mercado atualizadas diariamente.
2018-11-12 • "Trump dos Trópicos" deve dar próximo empurrão à Gerdau
Com extensas operações nos Estados Unidos, a Gerdau estava bem posicionada para se beneficiar das políticas econômicas de Donald Trump. Agora, a empresa espera que o novo presidente eleito Jair Bolsonaro, muitas vezes chamado de “Trump dos Trópicos”, forneça-lhe um impulso equivalente “Enxergamos um cenário parecido” no Brasil, disse Harley Lorentz Scardoelli, diretor financeiro da Gerdau, na quarta-feira, quando instado a comparar as políticas de Trump com suas expectativas para a gestão do presidente eleito, Jair Bolsonaro. “Nossa expectativa é bastante positiva, até pela agenda governamental de aprovação das reformas estruturais, que devem promover o desenvolvimento da economia nacional”, disse ele, em conferência de resultados do 3º trimestre da empresa. Com cerca de 33% de suas vendas líquidas geradas no Brasil, a siderúrgica, que tem o melhor desempenho entre as grandes domésticas do setor, espera que Bolsonaro impulsione reformas econômicas e novos investimentos necessários para finalmente ressuscitar a indústria de construção, há muito suprimida no país. “Como na América do Norte, aqui também há projeções de investimentos em infraestrutura, que teriam efeitos positivos nos mercados em que a Gerdau atua no país”, disse Scardoelli.
2018-10-30 • A jogada dos EUA para enfraquecer a Organização Mundial do Comércio
A Organização Mundial do Comércio passa por momentos conturbados. Os americanos estão desconfortáveis com o fato de que a OMC é capaz de emitir decisões que os participantes precisam cumprir e o governo de Donald Trump tem usado de uma artimanha para esvaziar a organização. A situação pode perturbar as regras do comércio internacional. Seria mais um desafio para o governo eleito aqui no Brasil, que tem pretensões de aumentar os negócios com o exterior. Os EUA foram questionados pelas barreiras impostas ao aço de outros países. Disseram que se tratava de uma questão de segurança nacional, para defender uma indústria estratégica. A disputa foi para o Órgão de Apelação, espécie de tribunal da OMC. Acontece que os americanos, descontentes, estão bloqueando as nomeações dos “juízes”. Das sete vagas do Órgão, apenas três estão ocupadas, a presença mínima para julgar uma apelação. Até o final do ano que vem, vencerá o mandato de outros membros e a corte ficará paralisada. Sem apelação, a disputa não termina. A administração da OMC define o caso como uma crise. O sistema de resolução de controvérsias é um pilar da organização. As regras são seguidas porque o regime garante a aplicação delas. Sem o órgão de apelação, isso se perde.
2018-10-30 • EUA instam UE a interromper disputa sobre tarifas de aço na OMC
2018-10-30 • Usiminas decidirá sobre Cubatão, nova linha de galvanização e alto forno 3 em 2019
2018-10-29 • Usiminas quer vender unidade de mineração em 2019
2018-10-29 • Usiminas tem avanço no 3º trimestre
2018-10-29 • Previsão da Usiminas é de estabilidade dos preços do aço no 4º trimestre
[Próxima pagina]


   
 
Ciatel Indústria de Telhas Ltda - Todos os direitos Reservados. (32) 3531-6868 / 3539-3300
Melhor visualizado em 1024 x 768px - I.E. 7.0 ou superior - Instale agora mesmo! clique aqui.
GW soluções 32 8816-3797